Como editar suas músicas com qualidade

Grave sua música pelo programa certo

A primeira dica é fazer a gravação do modo correto. Antes de falarmos da edição, precisamos, primeiro, preparar o terreno para uma edição de valor.

Existe, hoje, diversos programas que trabalham na captura de áudio através de microfone externo ou interno de notebook. O programa mais uma qualidade da música que você apresenta, pode ser um divisor de águas entre ser esquecido e ser lembrado, e essa qualidade está diretamente ligada a como você edita o áudio até chegar ao produto final.

Os profissionais da área musical valorizam uma boa edição e mixagem, dando uma “cara” própria para a música, tornando-a uma extensão de si mesmo.Antes de começar a gravação, opte por fazer em um local fechado, com pouco ruído e sem barulho externo. Quanto mais limpar for a gravação, melhor.

Diferentes faixas de áudio

Ainda para facilitar sua vida na hora da edição, grave sua voz separado do áudio, de forma que possa fazer uma mixagem com mais liberdade.

Usando a faixa de áudio para os instrumentos e outra para sua voz, você poderá fazer uma edição somente na sua voz, como aumentar o volume, abaixar ou volume ou criar efeitos; e outra para os instrumentos.

Faça o tratamento de cada faixa

Abra o programa de edição com um dos áudios, depois, vá até o menu e escolha adicionar mais uma faixa estéril. Ao fazer isso, você terá agora duas faixas para trabalhar.Mas antes de pensar nos efeitos e mixagem, primeiro precisa tratar o áudio, que nada mais é do que retirar os ruídos de fundo, pausas desnecessárias, erros de dicção, etc.

Selecione um trecho do áudio, de preferência alguns segundos no começo, vá em Efeitos e procure a opção Remover Ruído. Tire uma amostra, selecione toda a faixa e refaça o caminho. Ouça o áudio para ver se foi o suficiente e refaça quantas vezes for necessário, mas cuidado para que o áudio não fique estourado ou com aspecto estranho.

Ao terminar de retirar os ruídos, volte em Efeitos e clique em Normalizar, para que ele arrume o volume.

Outro efeito que pode melhorar seu áudio é o de Equalização, que também fica nas opções dos filtros. E se achar que alguma entonação não ficou como deveria, volte em efeitos e escolha Graves e Agudos, mexendo nos níveis e testando aos poucos.

Mixagem do áudio e finalização

Uma vez que você tenha tratado ambas as faixas, salve uma cópia de segurança e teste os diferentes tipos de efeitos que estão disponíveis no software.

Após aplicar os efeitos, que sempre feitos em cima das faixas selecionadas, vá em Arquivo, exportar. Escolha o formato que se adequar ao que foi exigido por seu cliente ou pela plataforma onde irá hospedar.

Uma edição de audio de qualidade causará efeitos positivos em que a escuta. O cuidado com o tratamento das faixas, incluindo seus efeitos, pode tornar sua mais imersiva e única. Por isso, sempre procure estudar mais para obter melhores resultados.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email