Let's Talk About Business Solutions

It is a long established fact that a reader
What We Do

Our Services

This is Photoshop version of Lorem Ipsum. Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin.

Digital Branding

This is Photoshop version of Lorem Ipsum. Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin.

Get Started

Seo Optimization

This is Photoshop version of Lorem Ipsum. Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin.

Get Started

Wireframe Design

This is Photoshop version of Lorem Ipsum. Proin gravida nibh vel velit auctor aliquet. Aenean sollicitudin.

Get Started
image
image
image
image
Explore

Our Satisfied Clients

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

image
image
4 motivos para ter um drone profissional para captar imagens aéreas e modelos para ficar de olho

Atualmente, as aeronaves são muito utilizadas para trabalhos fotográficos, e isso se dá uma vez que existe hoje uma série de drones profissionais com câmeras integradas.

Assim, se torna possível fazer ótimas fotos com drone e usar muito da criatividade. Consequentemente, hoje existem empresas de vigilância e fotógrafos profissionais que optam por essa solução para melhorar o serviço.

Quer saber mais sobre este produto, conferindo as 4 características que tornam o drone profissional um item indispensável para fotos com mais qualidade? Então continue lendo este texto e saiba tudo sobre este assunto!

Imagens com ótima resolução

Algo buscado nos drones profissionais com câmera é uma boa resolução de imagem, um ponto forte em todas as opções por contarem com configurações que suportam qualidades de 4K Ultra HD para gravações. Já para imagens estáticas, a grande maioria suporta mais de 12 MP e possui HDR, um recurso que deixa as cores mais nítidas e aumenta o contraste.

Câmera com estabilizador

A visibilidade nas fotos é outro fator diferencial para obter boas imagens aéreas com drone, e que é algo que os modelos profissionais tiram de letra, afinal, eles contam com estabilizadores que evitam que os vídeos e fotos fiquem tremidos, mesmo em movimento.

Para isso, eles contam com o gimbal – um acessório que reduz o efeito de oscilação causada pelo vento -, e com sistemas que fazem rotas e manobras definidas previamente, levando o melhor resultado para você.

Mais tempo de voo

Além de pensar na captação de fotos e filmagens com o drone, a bateria preocupa pessoas que desejam entrar neste ramo. No entanto, as aeronaves mais avançadas podem voar, em média, 30 minutos ininterruptos. E caso você precise de mais tempo do que isso para realizar uma filmagem, é possível utilizar acessórios que oferecem baterias extras, evitando que você pare no meio de um trabalho.

Designs mais atrativos e alta portabilidade

Este é um ponto importante de se pensar, principalmente de acordo com o tipo de trabalho que você vai fazer. Afinal, existem diferentes opções que você pode escolher e que podem ser mais ou menos úteis de acordo com o ambiente. A orientação, então, é buscar um produto adequado para o local em que você pretende captar imagens e que seja de fácil transporte para evitar acidentes enquanto se locomove até o local.

O melhor de tudo aqui é que existem modelos mais compactos que não abrem mão das especificações e tecnologias.

Três drones profissionais da DJI que se destacam no meio

Após entender mais sobre os motivos que tornam este tipo de aeronave tão útil, agora vamos mencionar alguns modelos de drones da DJI para ficar de olho e que são ótimos para o seu trabalho. Veja:

  1. DJI Mavic Air 2: pesa 570 g, voa por até 34 minutos, pode ser operado em até 6 km de distância, capta fotos até 48 MP e vídeos em 1080p e 2160p 4K;
  2. DJI Mavic 2 Pro: pode voar até 31 minutos e ser controlado em até 8 km, tira fotos com 20 MP e grava com qualidade de 1080p e 2160p 4K, pesando 907 g;
  3. Drone Phantom 4 Pro V2.0: capaz de voar até 30 minutos, pesa 1.375 g, capta fotos de até 20 MP e vídeo em 4K com resolução de 4096 x 2160p.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe com um amigo que está pensando em entrar para o universo das imagens aéreas com drones!

Entenda sobre Cirurgia Robótica: Tecnologia essencial para a medicina

A cirurgia robótica é uma das maiores modernidades atuais do mundo da medicina quando se trata de procedimentos minimamente invasivos.

São muitos os benefícios que o uso dessa tecnologia proporciona, dentre eles está uma menor taxa de complicações em pacientes, recuperação reduzida e menor tempo de internação. Porém, são incontáveis os proveitos que ela pode oferecer. Veja abaixo o que é a cirurgia robótica, como funciona e quais tratamentos ela oferece.

O que é cirurgia robótica?

A cirurgia robótica é uma modalidade de cirurgia minimamente invasiva. É uma técnica que utiliza pequenas incisões em realizações de grandes procedimentos cirúrgicos.

Neste tipo de cirurgia o médico manipula um robô que fará ressecções, incisões e suturas do procedimento.

A operação é feita enquanto o médico opera sentado, observando através de um visor com imagens em tempo real de uma micro câmera introduzida por uma das incisões feitas no paciente durante toda a preparação do procedimento. Os braços do robô são igualmente inseridos por essas aberturas.

A plataforma é uma ferramenta que dá ao cirurgião a possibilidade de enxergar como se estivesse dentro do paciente, pois dá uma visão melhor e muito mais ampliada. Portanto, possibilita que realize a cirurgia como se tivesse mãos pequenas e precisas.

Qualquer cirurgião pode operar o robô?

O robô não toma decisões no procedimento, é o médico quem está à frente de todos os movimentos feitos em meio à cirurgia. Atualmente, o robô utilizado no Brasil é o sistema cirúrgico Da Vinci, da Intuitive Surgical.

Um detalhe muito importante para ressaltar é que, quando o médico afasta o rosto do visor, o sistema cirúrgico é automaticamente desligado, portanto, é completamente seguro.

Para operar o robô, é necessário que o profissional faça um treinamento para obter um certificado emitido pela empresa. E após conseguir seu certificado, o médico deve ter em mente que o caminho de aprendizado da cirurgia robótica é bem longo, sendo assim, quanto mais procedimentos fizer utilizando o robô, mais capacitado e experiente para esta função ele será.

Tratamentos feitos com a cirurgia robótica

A cirurgia robótica pode ser vista e é comum em várias aplicações, como: ginecologia, urologia, procedimentos em pacientes com câncer, reduções de estômago, coloproctologia e cirurgia torácica.

As especialidades que tiveram mais avanços na cirurgia robótica, foram a urologia e a ginecologia, porém, as outras especialidades não param de avançar em sua evolução.

Quando se trata de câncer ginecológico, é possível identificar tumores em tempo real por meio de uma tecnologia de infravermelho chamada Firefly. A imagem fluorescente dá aos cirurgiões uma visão minuciosa, que permite avaliar com mais precisão a anatomia de vasos e estruturas, além de proporcionar uma pesquisa mais minuciosa de linfonodos.

Em relação ao câncer de próstata, a cirurgia robótica é capaz de reduzir sequelas como a incontinência urinária e a impotência.  O equipamento dá ao cirurgião uma visão ampliada e de alta precisão do campo operatório, facilitando, assim, a reconstrução da anatomia em espaços limitados, como a pelve masculina.

Vantagens da cirurgia robótica sobre técnicas mais antigas

Quando se trata de cirurgia robótica, é proporcionado para o cirurgião uma visão diferenciada, ampliada, tridimensional e ergonomia confortável e movimentos mais minuciosos.

Esses detalhes possibilitam ao robô realizar cirurgias complexas, em regiões com espaços menores, com baixas taxas de complicação, proporcionando maior segurança aos pacientes.

É comprovado que a taxa de sangramentos em cirurgias robóticas é extremamente reduzida, com um tempo curto de internação hospitalar e recuperação rápida, com breve retorno às atividades de esporte e lazer.

Você sabe o que é sextech? Veja como a tecnologia pode ajudar nesse mercado

A tecnologia está em constante avanço, trazendo muitos benefícios para a sociedade moderna. O que poucas pessoas imaginam é que ela também pode ajudar no que diz respeito ao prazer sexual.

Para se ter uma ideia, alguns projetos bem avançados, já dizem ser possível uma pessoa fazer sexo com um robô. A tecnologia está possibilitando avanços que antes eram inimagináveis. Sobre isso, vamos ver agora o que para muita gente é algo novo, o sextech.     

O que é sextech?

Para quem não sabe, sextech é a união de empresas e startups que elaboram e trazem o novo para a indústria da sexualidade. As prioridades são a inclusão social, a facilidade no acesso e a satisfação sexual através de itens e serviços tecnológicos. E dentro desse contexto, estamos falando de possibilidades que vão muito além de robôs sexuais.  

Para a grande maioria das pessoas hoje, ainda é algo estranho. Mas quando falamos de sextech, na verdade estamos falando sobre o bem estar na vida sexual e isso inclui aplicativos, acessórios, sex toy e muito outros.  

Sextech nacional

Alguns sextech têm pouco tempo de atuação no mercado nacional, mesmo assim, o suficiente para fazer muito sucesso.

Algumas marcas nacionais estão investindo no que é mais inovador. Por exemplo, algumas oferecem produtos naturais e saudáveis elaborados para os cuidados das regiões íntimas femininas.  Outras oferecem mini vibradores que oferecem cinco velocidades de vibração, além de ser recarregável e à prova de água.

Por causa das funções e do prazer que os produtos proporcionam, esse mercado já é uma grande aposta para o futuro.  

Quem está no comando das sextech?

Outra coisa que você deve saber sobre sextech é que as mulheres são quem comandam. É um mercado praticamente todo gerenciado por mulheres.

Esse acontecimento está muito ligada a dificuldade que as mulheres têm quando se trata de produtos eróticos. Ainda hoje é muito dificil para algumas irem ao sex shop e comprar, por exemplo, um plug anal ou uma simples fantasia.

Felizmente, algumas mulheres estão empenhadas em ações que focam no nosso prazer. Além do mais, é muito importante ver as mulheres ganhando espaço e respeito em um segmento que até aqui era comandado apenas por homens.

Por que comprar os produtos de uma sextech?

Toda mulher que valoriza o prazer sexual que sente, deveria pensar em comprar produtos de uma sextech.

É preciso deixar no passado alguns conceitos sobre conteúdos eróticos. As mulheres precisam se libertar do medo do que os outros vão pensar.

É preciso focar no seu bem estar físico, emocional e sexual. Nós mulheres precisamos entender de uma vez por todas, que sentir prazer sexual só depende de nós mesmo e não apenas do nosso parceiro.    

Qual o motivo do crescimento desse mercado?

Como foi dito antes, falar sobre prazer sexual era um tabu. Mas com o passar dos anos as pessoas inovaram o modo como se relaciona, e por isso, o sextech é um mercado em crescimento.

Os  investidores estão observando o que mais atrai as pessoas, a exemplo disso, são os app de relacionamento, que deram início a toda essa indústria.