Gosta de dar aulas? Veja como se profissionalizar e expandir seu trabalho

Se você gostar de dar aulas, você pode se especializar em alguma área e se tornar um professor. No país existem poucos professores, principalmente no ensino básico. Para diminuir o problema, o Brasil estar investindo na formação de educadores, aumentando o mercado as oportunidades e melhorando a remuneração desses profissionais.

Para atuar como professor é preciso ter dois fatores importantes: gostar de dar aulas e ter a qualificação necessária.

Assim, se você já é um profissional experiente em alguma área ou habilidade e gosta do que faz, você é capaz de ensinar, de se tornar um professor e para isso, existem muitos caminhos. Veja agora como se profissionalizar e expandir seu trabalho.

Curso livre

O curso livre é aquele curso que tem uma curta duração, focalizado em uma formação precisa para qualificação profissional em algum campo determinado. Por exemplo, um curso de doces e salgados pode ser no modelo de curso livre.

Para ser um professor de curso livre, não é preciso provar escolaridade prévia, o que aumenta ainda mais as oportunidades no mercado de trabalho. Esses cursos são válidos em todo território brasileiro e podem ser oferecidos nos modos presencial e online.  

Curso técnico

A pessoa que deseja trabalhar como professor de curso técnico deve mostrar uma forte experiência profissional em uma atividade junto com uma instrução didática e pedagógica.

O curso técnico ajuda no sistema de ensino e aprendizagem de modo contextual com o universo de trabalho, dando prioridade não apenas ao crescimento profissional, mas a habilidades referentes à construção de instruções e as inovações com respeito aos avanços tecnológicos.

Todo professor que trabalha em cursos técnicos precisa se atualizar de forma técnica e pedagógica frequentemente. Esta atualização é obrigatória para o mercado de trabalho e para a qualificação dos alunos.

Ensino fundamental

Para trabalhar como professor de educação infantil ou ensino fundamental é necessário ter curso de nível superior de licenciatura. Este é o modo de formação mais frequente, acessível basicamente em quase todas as universidades do país.

Para dar aulas em creches, pré-escolas e no ensino fundamental é preciso ter nível médio (mesmo que incompleto) e conhecer o resumo do eca para educadores. No entanto, algumas organizações de ensino já estão pedindo o curso superior para trabalhar como professor no ensino fundamental.

Além disso, os professores do ensino fundamental devem regularmente se atualizar e se capacitar para desenvolver um bom trabalho.

Ensino médio

Se você pretende se tornar um professor de ensino médio, deve também procurar se formar no curso superior de licenciatura. Esse curso, como dito antes, vai capacitar o profissional a trabalhar como educador na área infantil, no ensino fundamental e no ensino médio.

É preciso fazer algum curso superior de graduação para ser um profissional licenciado a ensinar matemática, letras, química, geografia, pedagogia, física e ciências biológicas.  

Ensino superior

Se o seu sonho é se tornar um professor de ensino superior, os requisitos são maiores do que os anteriores.

Todo aquele que pretende ser um professor universitário é necessário fazer uma pós-graduação lato sensu para trabalhar em universidades particulares, ou pós-graduação stricto sensu (que é a formação em doutorado ou mestrado) para trabalhar nas universidades públicas.

Para trabalhar como professor substituto em instituições públicas de nível superior é preciso ter graduação ou pós-graduação (conhecido como especialização).

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email