Como se planejar para mudanças internacionais

Como se planejar para mudanças internacionais

10 de dezembro de 2018 0 Por tiguana

A hora chegou! Passado todo esse tempo, finalmente chegou a hora em que você terá de arrumar suas coisas e partir para uma nova fase da sua vida. Fazer uma mudança internacional é sempre algo que traz grande empolgação, mas que gera também grande ansiedade por conta de todas as coisas que tem de ser resolvidas antes da partida. Ninguém gosta de fazer as malas, despedir-se de amigos e familiares nem de tratar de toda a papelada necessária para viajar. Muitas vezes você nem estava contando que isso aconteceria tão rápido. Nesse artigo, vamos dar dicas para ajudar você na hora de se planejar para mudanças internacionais. Vamos viajar?

1 — Burocracias

A parte mais chata de fazer uma mudança internacional é, sem dúvida, realizar o “dever de casa”. Conforme o destino para o qual você vai se mudar, certamente haverá a necessidade de separar vários documentos e estar com tudo em dia. Visto, passaporte, certificados de residência ou habilitações, vacinação em dia e seguros são apenas algumas das coisas que você possivelmente terá que disponibilizar dependendo do seu país de destino. Além disso, é bom se informar sobre a língua (ou então dedicar-se ao Inglês, visto que é uma língua falada na maior parte do mundo) e cultura do país, especialmente se for para um local em que tudo seja diferente, por exemplo, o Japão.

Se for viajar com seus filhos ou animais, tenha em mente o sistema de ensino do país e também possíveis documentos que você terá que ter a mão se quiser levá-los.

2 — Minimalismo?

Na hora de viajar, especialmente quando se trata de uma mudança internacional, o melhor é simplificar ao máximo. Algo com tanto impacto na sua vida já é bastante estressante. Então, porque não simplificar ao máximo? Agora chegou a hora de refletir, começar de novo e pensar no que você realmente precisa. Tem roupa que já não usa? Sapatos, malas? Pense em vender ou dar alguma das suas coisas antes de viajar. Realmente às vezes é difícil, mas se você não usa e não têm valor sentimental então você deve livrar-se delas. Quanto menos espaço você ocupar na mala, mais leve irá viajar e menos tempo irá demorar para organizar todas as suas coisas.

Quanto à mobília do seu lar, faça exatamente o mesmo. Certamente, você não precisa de tudo o que você tem na sua cozinha e provavelmente sobreviveria com um terço dos acessórios e equipamento. Será? Essa é uma forma minimalista de pensar e as decisões vão depender sempre do conceito de importância que as coisas têm para cada um. Aqui o segredo é sempre balancear o que você realmente precisa sem perder um nível de conforto mínimo. Lembre-se, quanto mais coisas você levar, mais coisas você terá que organizar. Será que vale a pena?

3 — Não tenha medo de pedir ajuda

Antes de viajar, avise a todos seus amigos e familiares. Se puder, viaje com eles. Todo mundo sabe que fazer uma mudança internacional é algo difícil. Talvez não tenha sido uma decisão planejada, bem pensada, mas que tenha pego você de surpresa. Talvez uma situação de trabalho ou algum outro motivo que fez com que você precisasse tomar a decisão às pressas. Ainda assim, faça uma festa de despedida e não tenha medo de pedir ajuda na organização de todas as pendências que precisam ser resolvidas. Qualquer amigo ficaria feliz de ajudar o outro num momento como esse. Especialmente, em uma situação de mudança para outro país. Como sabemos que os amigos nem sempre conseguem fazer tudo, é bom ter em mente que também existem profissionais especialistas em mudanças internacionais. Não tenha medo de pedir ajuda a uma empresa que conheça sobre o assunto. Empresas de mudanças internacionais já estão acostumadas em mudar todos os pertences de uma pessoa de um país para o outro e certamente ajudarão você a se mudar com tudo o que você quer e precisa de forma fácil e cômoda.

Resumindo, fazer uma mudança internacional nunca é fácil. Mas seja grato por toda a oportunidade que a vida lhe traz. Você está vivenciando algo único e maravilhoso. Existirão momentos em que você irá chorar e ter muitas saudades. Isso tudo será normal. Mas lembre-se que algumas situações e oportunidades só nos são dadas uma vez. Viva intensamente tudo isso! E, por fim, faça uma boa viagem!